Projetos do Sebrae permitem a desburocratização no processo de empreender

4 de novembro de 2021 - 12:23
Por Ana Paula Figueiredo

O Berlinda News Entrevista desta quinta-feira, 4, recebeu a Analista de Articulação Territorial e Gestora de Políticas Públicas, do Sebrae, Paula Nicolini, com atuação na Região do Vale do Sinos, Vale do Caí e Vale do Paranhama, e atendimento a 43 municípios.

Conforme Paula, o Sebrae tem uma série de projetos e ações para desenvolvimento de micro e pequenas empresas, além de implementação de Políticas Públicas por parte das Prefeituras, divididos em quatro eixos: Liderança, Desburocratização, Contas Públicas e Educação.

“O Sebrae criou a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, que traz muitas vantagens para as cidades, como a desburocratização dos processos. Começamos os trabalhos nas prefeituras para criar a lei e depois da aprovação iniciamos a implementação. Queríamos que os benefícios fossem levados à comunidade. Foi um trabalho bastante exitoso, e hoje, dos 43 municípios, mais de 50% das cidades já implementaram a Lei. Estamos trabalhando para deixar os projetos mais ágeis e facilitar a vida dos empreendedores”, explica.

Paula destaca que entre os objetivos do Sebrae está em facilitar as ações para os futuros empreendedores. Ainda como forma de possibilitar um melhor entendimento das situações de cada município e a visão das perspectivas de investir em um negócio em determinada cidade, existe o Data Sebrae, ferramenta que mostra os indicadores econômicos dos 497 municípios do Rio Grande do Sul.

“É uma ferramenta muito útil para quem quer empreender e analisar os potenciais econômicos das cidades, e também muito importante para que o gestor público tenha um diagnóstico do município, com seus pontos fortes e as possibilidades de melhorias. É um diagnóstico de como está a população, as contas públicas e todos os principais indicadores, como o potencial de consumo”, enfatiza. Paula adianta que um diagnóstico de São Leopoldo será apresentado ao prefeito Ary Vanazzi no dia 06 de dezembro.

Qualificação

Entre as ações do Sebrae estão os cursos de qualificação em diferentes áreas. Para 2022 já estão previstos os de Professor Empreendedor, Competências Socioemocionais, Educação Financeira, Conhecendo Histórias Inspiradoras, Projeto Legado – Deixando uma marca na comunidade. Paula destaca que serão várias turmas para São Leopoldo. “Também temos cursos específicos para a gestão pública, com duração de dois anos. Durante esse tempo fazemos todo o acompanhamento na prefeitura, trabalhamos muito a questão de agilizar o processo de abertura das empresas”, comenta.

Premiação

O Sebrae está com inscrições abertas até 04 de fevereiro de 2022 para o XI Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, e tem por objetivo reconhecer as iniciativas municipais de estímulo ao empreendedorismo.

“É um projeto do Sebrae nacional e valoriza as gestões dos empreendedores municipais. São oito categorias e as prefeituras vão escolher a categoria que melhor se enquadram. Os que forem classificados na categoria estadual participam da classificação nacional. É o momento que os prefeitos têm de mostrar suas ações”, ressalta.

As categorias de inscrição são: Desburocratização, Sala do Empreendedor, Compras Governamentais, Empreendedorismo na Escola, Marketing Territorial e Setores Econômicos, Inovação e Sustentabilidade, Cooperação e Governança Regional, e Cidade Empreendedora.

Confira as categorias e como se inscrever no Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor.

 

A entrevista completa pode ser vista abaixo:

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo