GCM recolhe cavalo com patas machucadas e com ferraduras quebradas no Centro de São Leopoldo

9 de setembro de 2021 - 22:35
Por Sônia Bettinelli

A  Guarda Civil Municipal (GCM) flagrou um carroceiro no  Centro, região proibida para tração animal e recolheu o cavalo por maus tratos. Conforme o titular da Secretaria de Proteção Animal (Sempa), Valter Verbist, por volta das 18 horas de hoje (9), ele foi chamado pela GCM para inspecionar um cavalo que apresentava ferimentos nas patas.

“O animal estava sem uma ferradura e as outras três estavam gastas, quebradas, produzindo ferimentos fazendo com que o animal mancasse. Diante disso, constatamos maus tratos e recolhemos o animal. Já o carroceiro terá que responder na 1ª Delegacia de Polícia, que é a responsável por situações como essa “, explicou Verbist acrescentando que é o primeiro caso de recolhimento desde o dia 1° de agosto quando entrou em vigor a lei 8609 que proíbe a tração animal, inicialmente no Centro.

Segundo Verbist, além de estar em área proibida, o animal na condição de maus tratos, a família proprietária do animal também não está cadastrada para fazer parte do programa de transição para outro meio de transporte no serviço de coleta de material reciclável. “Até agora cadastramos 86 famílias”, informou o secretário.

A implantação da lei está ocorrendo gradativamente em regiões da cidade. At[é junho de 2022, a proibição da tração animal estará vigorando em toda a cidade.

 

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo