Bombeiros de SL auxiliaram no combate ao incêndio da Secretaria de Segurança e seguem em busca dos colegas desaparecidos

15 de julho de 2021 - 14:45
Por Juliano Palinha

Seis soldados do 2º Batalhão de Bombeiros Militar de São Leopoldo seguem em Porto Alegre após o combate ao incêndio ocorrido na noite desta quarta-feira (14) no prédio-sede da Secretaria da Segurança Pública, em Porto Alegre.

Conforme a assessoria da corporação leopoldense, agora a missão é tentar localizar os dois colegas que estão desaparecidos desde ontem. Os quatro soldados que se deslocaram ontem à noite com uma carreta e uma auto-escada seguem no local auxiliando as demais forças.

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros Militar, coronel César Bonfanti, a corporação foi informada do incêndio às 21h30 e os primeiros agentes chegaram ao local cerca de cinco minutos depois, iniciando pelo trabalho de evacuação das pessoas, o que foi fundamental para preservar vidas, e depois no combate às chamas. Os servidores desaparecidos estavam entre os primeiros a chegarem ao local, um deles é o tenente que comandava as guarnições no trabalho inicial e o outro, um sargento dos Bombeiros que foi ao local de forma voluntária para ajudar.

“Foram mais de 70 servidores envolvidos no combate às chamas. Fomos avisados às 21h30 e, cinco minutos depois, a primeira viatura chegou ao local, onde já havia um incêndio de grandes proporções. Imediatamente começamos a evacuação do prédio, pois a prioridade é sempre salvar vidas. As dificuldades de combate ao fogo foram grandes, uma característica de todos os grandes incêndios, especialmente em prédios altos. Agora, nosso foco é a busca dos nossos dois servidores. Estamos com equipes de busca e salvamento fazendo as buscas e, assim que houver condições, entraremos com cães treinados para buscas”, afirmou Bonfanti.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo