Prefeitura de São Leopoldo está vacinando contra covid moradores das ocupações Justo e Steigleder até 40 anos de idade

25 de junho de 2021 - 14:14
Por Sônia Bettinelli

Sem divulgar oficialmente em seus canais na véspera, como tem feito, a Prefeitura de São Leopoldo começou hoje a vacinar pessoas de até  40 anos de idade (sem comorbidades) que vivem em ocupações. Pela manhã foi na Ocupação Steigleder e à tarde na Justo. Já para o público em geral (sem comorbidades) a 1ª dose deve retornar amanhã para 44 anos mais.

A explicação do governo, por meio do secretário adjunto da Saúde, Diego Pichirini, para ir às ocupações é porque os moradores não tem como comprovar endereço. “São áreas irregulares por isso a falta de comprovantes. Temos mais de 30 ocupações na cidade o que representa cerca de 10% da população do município. E decidimos vacinar até 40 anos para facilitar  o trabalho da equipe e não ter que retornar nos locais conforme o calendário de idade”, disse Diego acrescentando que não houve a divulgação nos canais oficiais para evitar que pessoas que não vivem nas ocupações fossem até o local.

Cadastro na Habitação e Cras

Questionado sobre como provar que todos os vacinados são realmente moradores das ocupações, Diego Pichirini, admite a possibilidade que pessoas de fora poderão receber a vacina. “Temos o cadastro da Habitação, do Cras e das próprias lideranças, mas realmente um ou outro pode ser vacinado sem morar lá”, diz Diego apostando na palavra das pessoas. Amanhã, 26, não haverá vacinação nas ocupações. “Retornaremos na próxima semana”, disse.

Transparência sobre as vacinas

Autor do projeto que pede a transparência com o nome e idade das pessoas vacinadas na cidade, o vereador Falcão (MDB), se disse surpreso com a vacinação até 40 anos. “O calendário pulou a idade em relação ao público em geral, o que não acho justo, não houve nada oficial nos canais da Prefeitura. Diante de tudo isso, cada vez mais estou certo da necessidade da publicação, da transparência da lista”, critica Falcão.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo