POR CIDADE: Poeminha da Dança. Até Que Tudo Passe

12 de junho de 2021 - 10:40
Por Everton Cidade

Eu queria a solidão

Minha mente é uma aranha

Teu carinho é o inseto que foge

Teu carinho é o sábado à noite

Dançaríamos em salões com centenas

De mãos dadasfelicidade fluída

Podemos dançar agora no meu quarto

Nesse círculo perfeito

De luz.

Everton Luiz Cidade

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo