Denominado de “orientação”, decreto alerta servidores da Prefeitura de SL para que trabalhem por revezamento/presencial

6 de junho de 2021 - 19:42
Por Sônia Bettinelli

A partir de amanhã, segunda-feira, 7, servidores e estagiários da Prefeitura de São Leopoldo – administração direta – devem retornar a seus postos pelo modelo de revezamento/presencial. É o resumo do decreto de 31 de maio encaminhado às respectivas chefias e setores.

“A jornada de trabalho será cumprida preferencialmente, e onde houver possibilidade, na modalidade de revezamento presencial e nos demais dias de maneira remota em teletrabalho.”

Auxílio doença

Quem estiver  inapto ao retorno presencial e/ou em revezamento deve providenciar atestado médico para encaminhamento de auxílio doença.

Sanções 

O decreto é claro – Os servidores que não retornarem ao efetivo exercício de maneira presencial e/ou em revezamento descumprindo o disposto no presente decreto, poderão responder as sanções cabíveis e consequentes cominações legais;

Fora essenciais

O decreto não vale para servidores da área da saúde, segurança e
serviços essenciais do SEMAE.

Todos?

Em grupos de servidores muitas dúvidas. “Então, nós podemos ir , e os professores não, deveria ser pra todos.” Lembrando que professores estão em trabalho remoto. Entre as interpretações do decreto, está a possibilidade de que alguém não esteja cumprindo  nem remoto e nem presencial por revezamento.

 

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo