São Leopoldo confirma o primeiro caso local de dengue em moradora da Feitoria

7 de maio de 2021 - 15:55

A Vigilância em Saúde de São Leopoldo confirmou o primeiro caso autóctone de dengue do ano, ou seja, contraído na própria cidade. Uma mulher, de 30 anos, moradora do bairro Feitoria. Ela está em casa se recuperando dos sintomas. No final de abril foi diagnosticado o primeiro caso de uma moradora do Centro que contraiu o vírus em uma viagem no interior do Estado.

A Secretaria da Saúde segue trabalhando em ações de orientação e aplicação de veneno no entorno das áreas com casos confirmados ou suspeitos. A prática é chamada de Pesquisa Vetorial Especial (PVE), indicada pelo Ministério da Saúde como ação de bloqueio. Com o resultado positivo do bairro Feitoria, a Vigilância Ambiental realizará cinco aplicações de inseticidas no local. Hoje (7) a equipe fez nova aplicação na região central da cidade.

Apesar da pandemia, as equipes da prefeitura nunca pararam. Diariamente pontos estratégicos como borracharias, ferros-velhos, floriculturas e cemitérios são vistoriados por agentes de combate às endemias. Ainda que as vistorias nas residências não estejam acontecendo por conta das restrições impostas pelo coronavírus, a Secretaria da Saúde reforça que é extrema importância que os moradores do município continuem tomando todos os cuidados e medidas, evitando assim o risco do surgimento de possíveis criadouros para o mosquito Aedes aegypti.

“Estamos num momento ainda crítico da pandemia, o que dificulta as visitas das nossas equipes nas casas, além do próprio receio da população em receber os agentes. Nessa situação, é fundamental que os leopoldenses redobrem os cuidados dentro de suas residências, nos pátios, nas piscinas, ou mesmo em vasos de plantas ou recipientes que possam acumular água parada. O coronavírus é um grande inimigo a ser combatido, mas não podemos descuidar das outras doenças”, ressaltou o secretário da Saúde Marcel Frison.

Cuidados dentro das casas e apartamentos

– Tampe os tonéis e caixas d’água;

– Mantenha as calhas sempre limpas;

– Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;

– Mantenha lixeiras bem tampadas;

– Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;

– Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;

– Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais.

Área externa de casas e condomínios

– Cubra e realize manutenção periódica de áreas de piscinas;

– A água da piscina deve ser tratada o ano inteiro;

– Limpe ralos e canaletas externas;

– Atenção com bromélias, babosas e outras plantas que podem acumular água;

– Deixe lonas bem esticadas, para evitar formação de poças d’água;

– Guarde os pneus em local coberto ou fure-os para que não acumulem água;

– Não deixe água da chuva acumulada em qualquer lugar.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo