Guarda Municipal de São Leopoldo completa 29 anos nesta quarta-feira

28 de abril de 2021 - 08:11

Nesta quarta-feira, dia 28, a Guarda Civil Municipal (GCM) de São Leopoldo está completando 29 anos. A corporação foi criada através de uma lei municipal no dia de 28 de abril de 1992 e, na época, era vinculada à Secretaria Municipal de Administração (Semad). Atualmente está vinculada à Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Comunitária (Semusp) e tem como função a vigilância preventiva de órgãos públicos e auxiliar as forças de segurança.

O titular da Semusp, Nestor Schwertner, destaca a importância da Guarda Municipal e dos agentes no combate à criminalidade auxiliando as demais forças de segurança pública. “A nossa valorosa Guarda Municipal presta um serviço essencial para que a comunidade leopoldense tenha proteção e tranquilidade. Nesses tempos de pandemia, a corporação também atua junto à Força-tarefa da Prefeitura de São Leopoldo na fiscalização das restrições impostas pelos decretos de calamidade”, afirma Nestor.

 

Histórico

Quando completou 11 anos, em 2003, a corporação recebeu sua primeira viatura. Na época, a então denominada Secretaria de Mobilidade Urbana (Semurb) reformou um veículo para uso exclusivo da GCM e uma motocicleta zero quilômetro adquirida por meio de licitação.

Em 2005, a sede da GCM e da Semusp ficava em um prédio alugado na rua Independência, esquina com a Osvaldo Aranha. Antes disso, a Guarda atendia em espaço reformado no prédio da antiga Prefeitura de São Leopoldo. Atualmente a sede fica em um prédio na rua Saldanha da Gama, Centro. No primeiro mandato do prefeito Ary Vanazzi, em outubro de 2006, foi realizada a entrega da primeira frota da GCM composta por cinco viaturas e duas motos.

 

Proteção ambiental

Para fortalecer a cooperação nas ações de fiscalização ambiental e auxiliar na defesa e proteção ao meio ambiente, foi estabelecida em dezembro de 2007 a Política Municipal Integrada de Saneamento e Gestão Ambiental que deu origem ao Sistema Integrado de Saneamento e Gestão Ambiental (Singea) e a Guarda Civil Municipal Ambiental, que atualmente é o Grupamento de Defesa Ambiental (GDA).

 

Monitoramento por câmeras

Em janeiro de 2008 é regulamentada a instalação e a operação do Sistema Integrado de Monitoramento (SIM). A iniciativa modernizou o processo de vigilância permanente do espaço público por câmeras de vídeo, operação do sistema de alarmes em prédios públicos municipais e coordenação das comunicações da GCM. No mesmo mês foram criadas a Ouvidoria da Segurança Urbana e a Corregedoria da Guarda, órgãos com autonomia e com o objetivo de auxiliar na fiscalização da conduta dos agentes, em especial quanto ao uso de porte de arma de fogo em serviço. Em março de 2008 houve também a unificação dos cargos de Agente de Trânsito e Guarda Municipal no novo cargo de Guarda Civil Municipal, o que foi muito bem recebido pelos servidores.

Em setembro de 2020, por exemplo, a GCM de São Leopoldo passou a contar com o sistema de cercamento eletrônico que já funcionava em outros municípios. O resultado foi a queda de quase 50% nos roubos e furtos de veículos em 2021.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo