Governo libera comércio aos fins de semana e bares e restaurantes até às 23 horas

9 de abril de 2021 - 15:05

Através de uma transmissão ao vivo realizada no começo da tarde desta sexta-feira (9), o governador do Estado Eduardo Leite anunciou flexibilizações nos protocolos de funcionamento do comércio não essencial, que terá atendimento ao público nos fins de semana. As novas regras entram em vigor a partir da meia noite deste sábado, 10.

Desde que o Estado entrou em bandeira preta, no final de fevereiro, o comércio ficou impossibilitado de abrir as portas aos sábados e domingos. A exceção ocorreu no sábado passado, véspera da Páscoa. Agora, a abertura é permitida até as 20h.

Nos dias de semana, a novidade é que bares, restaurantes e lanchonetes poderão funcionar até as 23h, com entrada de clientes até uma hora antes. Pelas regras atuais, o atendimento ao público é permitido somente até as 18h, o que gerou críticas e protestos de representantes do setor.

Já nos fins de semana, estes estabelecimentos poderão atender o público, mas somente até as 16h. À noite, período de maior demanda para os bares, funcionamento somente com take away (até as 20h) e delivery.

Outras medidas anunciadas por Leite são a retirada de restrição de horário para funcionamento dos supermercados, e a permissão para abertura de academias e serviços religiosos até as 22h, em todos os dias da semana.

 

As mudanças

De segunda a sexta-feira

– Manutenção da restrição das atividades presenciais entre 20h e 5h
– Supermercados — não tem mais limitação de horário
Bares e restaurantes — das 5h às 22h, com saída dos clientes até 23h
– Comércio não essencial — das 5h às 20h (depois somente delivery)
Academias e serviços religiosos — das 5h às 22h
– Demais serviços — das 5h às 20h

Finais de semana

– Bares e restaurantes — das 5h às 15h, com saída dos clientes até 16h
– Comércio não essencial — das 5h às 20h (depois somente delivery)
Academias e serviços religiosos — das 5h às 22h
– Demais serviços — das 5h às 20h

Novos protocolos em bandeira vermelha

Feiras livres de comércio não essencial: estão liberadas as feiras de artesanato, como o Brique da Redenção, desde que com distanciamento de três metros entre as bancas e controle de acesso

Restaurantes: lotação de 25% da capacidade, com no máximo de cinco pessoas em cada mesa e exclusivamente para refeição. Happy hours estão proibidos, bem como música ao vivo. Deve haver dois metros entre as mesas e só clientes sentados.

Parques: lotação de 25% da capacidade, exclusivamente em locais abertos e com Selo Turismo Responsável. Segue obrigatório uso correto de máscara, distanciamento nas filas e higienização de mãos e superfície

Serviços de educação física: academias, piscinas, clubes e condomínios devem manter atividade individual, com no máximo uma pessoa para 16 metros quadrados de área. Grupos com no máximo duas pessoas para cada instrutor e cartaz informando lotação. É proibido compartilhar equipamentos simultaneamente.

Esportes sem contato físico: quadras e condomínios têm autorização para jogos com no máximo quatro pessoas, sem contato e sem público. É exigido agendamento prévio, intervalo de 15 minutos entre jogos para higienização. Estão vedadas confraternização pós-jogo.

Transporte fretado: lotação de 75% dos assentos, com uso de máscara e ventilação.

Transporte coletivo: lotação de 60% do veículo, com uso de máscara e ventilação

 

Fonte: A Hora e ZH

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo