Leopoldense Luciano Porto, 59 anos, é mais uma vítima da covid-19

7 de abril de 2021 - 23:01
Por Sônia Bettinelli

O leopoldense Luciano Porto, 59 anos, morreu hoje em Balneário Camboriú, Santa Catarina, por complicações da covid-19. Luciano estava internado desde o dia 22 de março, um dia após o falecimento de sua mãe, a colunista social Celeste Porto, aos 79 anos de idade, após uma cirurgia da coluna. A morte do leopoldense causa comoção nas redes sociais de amigos de São Leopoldo e também de Santa Catariana. “Estou arrasado, ele era meu irmão, inclusive me levou para lá e nosso sonho era abrir um restaurante em Balneário”, disse o chef Sidi Costa, acrescentando que amanhã (8) haverá uma cerimônia para a família, em Santa Catarina, e após Luciano será cremado.

O amigo Sidi Costa disse que Luciano soube da morte da mãe Celeste Porto no sábado (21/03) e no domingo (22/03) à tarde foi internado. Diariamente Sidi Costa postava em seu perfil “Notícias do Lu”, sempre pedindo orações pela recuperação do amigo que deixa a esposa, Leila e a filha Isabela de 15 anos. Conforme Sidi Costa, Luciano Porto morava há quase duas décadas em Balneário e era diretor de uma transportadora. “Nosso sonho era abrir um restaurante”.

O site Berlinda se solidariza com a família de Luciano Porto e de todas as vítimas da covid-19.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo