Inscrições para o Fundo Social da Sicredi Pioneira RS terminam nesta sexta-feira (19)

18 de março de 2021 - 15:53

Entidades sem fins lucrativos associadas à Sicredi Pioneira RS têm até esta sexta-feira (19) para inscrever projetos no Fundo Social da Sicredi Pioneira RS, programa de maior abrangência comunitária da cooperativa, que desde 2015 destina parte de seus resultados para iniciativas com finalidade educacional, cultural, social e esportiva. A inscrição deve ser feita no site www.sicredipioneira.com.br/fundosocial, onde também é possível consultar o regulamento completo.

Estão aptas a participar pessoas jurídicas sem fins lucrativos associadas à Sicredi Pioneira RS até o dia 31 de dezembro de 2020 e que estejam adimplentes com a cooperativa e com o cadastro da conta atualizado. Também é necessário que a finalidade educacional, cultural, social e esportiva esteja expressa no estatuto ou ato constitutivo e ter aprovada a prestação de contas dos recursos recebidos em anos anteriores. O regulamento proíbe a inscrição de projetos por instituições de ensino particulares.

Cada entidade pode inscrever até dois projetos, sendo que o valor mínimo de cada um é de R$ 2 mil e a soma dos mesmos não poderá ultrapassar R$ 12 mil. A instituição deverá, ainda, participar com, no mínimo, 20% do valor solicitado, investimento que poderá ser em forma de recursos financeiros ou serviços devidamente comprovados.

Os recursos do Fundo Social são compostos por uma parte do resultado da Sicredi Pioneira RS. Este valor é constituído a partir das movimentações e dos negócios realizados pelos associados com a cooperativa ao longo do ano. Em Assembleia, os associados optam por abrir mão de uma parte do valor a que teriam direito na distribuição dos resultados para destinar ao apoio dos projeto.

Prosperar em um ciclo virtuoso de crescimento é um desafio constante e também um compromisso da Sicredi Pioneira RS. O caminho para alcançar este objetivo passa pela distribuição dos resultados em diferentes segmentos, que vão muito além dos atendimentos realizados dentro das agências da cooperativa. Entre 2015 e 2019, o Fundo Social atendeu 915 projetos, com a distribuição de mais de 4 milhões de reais. Esses números significam que o programa impactou a vida de mais de 310 mil pessoas desde a sua criação. Em 2020, após consulta aos coordenadores de núcleo (representantes dos associados) e entidades inscritas, foi definido o direcionamento dos recursos do Fundo Social (R$ 2.079.058,21) para a área da saúde dos municípios, em razão da pandemia de covid-19.

Entre as iniciativas já contempladas, estão o Projeto Mão Amiga, de Caxias do Sul, que cumpre a missão de encaminhar crianças em situação de vulnerabilidade social, que não conseguem vaga no ensino gratuito, para escolas particulares. Com idade entre zero e quatro anos, só em 2019, foram auxiliadas 380 crianças. Assim como os responsáveis pelo Mão Amiga, a cooperativa também acredita que o interesse pelo crescimento da comunidade é uma responsabilidade de todos.

Para Geni Onzi Isoppo, voluntária do Mão Amiga, propostas como o Fundo Social precisam ser copiadas por outras entidades, pois o programa espalha o espírito de solidariedade e da importância da comunhão em sociedade. Para ela, a mensagem sobre o que queremos para o futuro e o quanto colaboramos para isso, precisa ser redimensionada. Ela diz que é de coração que admira suporte que vem pelo Fundo Social, pois contribui com a ideia de uma educação mais humanizada, com o amparo necessário para o desenvolvimento pleno das crianças atendidas.

“É com muita gratidão que a gente fala sobre essas ações do Sicredi. Há vários anos nós estamos participando do Fundo Social. Todo ano, o objetivo é ajudar a pagar a vaga das crianças nas escolas. Assim, vamos contribuindo com as cidades, contribuindo com as famílias. A gente sabe que os associados votam para que aconteça essa contribuição, é uma ação linda. O pouquinho de cada um consegue fazer maravilhas”, afirma Geni.

  •  Confira o total de recursos destinados desde 2015:

Ano

Recursos

Projetos contemplados

Pessoas beneficiadas

2015

R$ 145.011,00

67

21.509

2016

R$ 500.736,55

175

62.420

2017

R$ 692.110,32

172

63.595

2018

R$ 1.199.054,81

235

79.038

2019

R$ 1.521.689,54

266

85.613

2020*

R$ 2.079.058,21

Total

R$ 6.137.660,43

915

312.175

 * Em razão da pandemia do novo coronavírus, os recursos foram destinados à área da saúde de cada município.

A área de atuação da Sicredi Pioneira RS é composta por 21 municípios: Alto Feliz, Canela, Caxias do Sul, Dois Irmãos, Estância Velha, Feliz, Gramado, Ivoti, Lindolfo Collor, Linha Nova, Morro Reuter, Nova Petrópolis, Novo Hamburgo, Picada Café, Portão, Presidente Lucena, Santa Maria do Herval, São Francisco de Paula, São José do Hortêncio, São Leopoldo e Vale Real.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo