Aumenta procura por GNV com a alta constante dos combustíveis

4 de março de 2021 - 17:35
Por Sônia Bettinelli

Um setor que está com mais procura nos últimos dias (sem relação com a pandemia) são oficinas mecânicas que fazem a conversão do veículo da gasolina para o GNV. A procura é decorrente do aumento quase semanal dos combustíveis. Só em 2021 são cinco (5) reajustes, a gasolina comum passando de R$ 5 reais, enquanto a média do metro cúbico do GNV é de R$ 3,70.

Fábio Prezzi, proprietário da Center Gás GNV, no bairro Scharlau, confirma o aumento do serviço. “Aumentou a procura pelo  custo benefício e o carro ganha  30% a mais de autonomia. É um investimento que compensa”, afirma Prezzi que atua no setor desde 2006, com estabelecimento licenciado para fazer a conversão que não se encerra na oficina.

Oficina, Detran, Inmetro

“O primeiro passo é vir na oficina para saber como funciona. Após a instalação do equipamento nós fornecemos todas as notas e atestado de qualidade que deve ser levado ao Detran para vistoria, porque o carro teve sua característica alterada. O próximo passo  é ir no Inmetro para receber um selo com validade de um ano. Esse selo é necessário para abastecer”, detalha Prezzi observando que a mudança para o GNV não significa desativar o abastecimento por gasolina, é o sistema chamado flex.

Custo para conversão

Conforme Fábio Prezzi, o custo para conversão fica na média de R$ 3,5 mil. O prazo para entrega de serviço é de dois dias porque a oficina testa o veículo antes da entrega. A Center Gás GNV está localizada na avenida Senador Salgado Filho, via junto à BR-116, Scharlau.

Veículos com GNV são menos poluentes

Outro efeito positivo do uso do GNV está relacionado às questões ambientais. Como se sabe, os combustíveis tradicionais, especialmente os que utilizam petróleo em sua composição, são mais danosos ao meio ambiente por gerarem monóxido de carbono (CO) e dióxido de carbono (CO²) como resultado do processo de queima — substância essas que são altamente nocivas à saúde e ao meio ambiente, além de estarem diretamente ligadas ao efeito estufa.
Por outro lado, um carro a gás gera menos da metade da quantidade de monóxido e dióxido de carbono quando comparado a um veículo que utiliza gasolina ou óleo diesel, por exemplo. Por essa razão, o GNV é considerado uma alternativa muito mais sustentável para os transportes, seja do ponto de vista do motorista comum, seja na ótica das empresas e transportadoras — segmento que ainda depende muito dos combustíveis fósseis. (https://www.meucarronovo.com.br/).

 

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo