Em São Leopoldo Força-Tarefa fecha churrascaria que desrespeitava decreto municipal

28 de fevereiro de 2021 - 14:28
Uma churrascaria, que funciona na rua Conceição, no Centro de São Leopoldo, foi fechada no começo da tarde de hoje por fiscais da Força-Tarefa de Fiscalização. O estabelecimento descumpria o decreto municipal que definiu por um fechamento geral das atividades comerciais durante este domingo (28).
Além de desrespeitar o decreto municipal por estar aberta neste domingo de suspensão das atividades, a churrascaria também oferecia buffet com autosserviço, o que é proibido pelos protocolos estaduais da bandeira preta. A ação contou com apoio operacional da Guarda Civil Municipal.
Neste domingo, está permitido apenas o funcionamento em São Leopoldo dos serviços de saúde, das farmácias, dos postos de combustíveis (apenas para abastecimento de veículos), do setor hoteleiro e das clínicas veterinárias. O transporte coletivo de passageiros não está funcionando, salvo para a circulação das linhas que transportam os trabalhadores da saúde. Bares e restaurantes podem atuar exclusivamente para telentrega.
Força-tarefa
A força-tarefa é coordenada pela Secretaria-Geral de Governo e composta por servidores de sete secretarias municipais, além do Semae. A força-tarefa conta com auxílio permanente da Guarda Civil Municipal.
Denúncias de descumprimento dos Decretos Municipais
Atendimento por meio dos telefones 153 da Guarda Municipal, disponível de segunda a domingo, com serviço de 24h.
Ouvidoria Municipal
Atendimento de segunda a domingo, das 9h às 23h, pelo WhatsApp (51) 9.8924-5082.]
De segunda a sexta, das 9h às 14h, o munícipe poderá contatar os telefones 156, (51)2200-0362, e-mail ouvidoria@saoleopoldo.rs.gov.br ou pelo Messenger, @saoleopoldo.
Dúvidas e esclarecimentos sobre o Decreto Municipal
Força-Tarefa de Fiscalização
Atendimento realizado pelo WhatsApp, de segunda a sexta, das 9h às 20h e aos sábados, das 9h às 15h, pelo número (51) 9.9312-7585.
➡️ A ação tem o objetivo de reduzir a alta contaminação do coronavírus e a superlotação das UTIs.
Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo