DNA poderá dizer se corpo encontrado atrás do Centenário é de uma paciente que fugiu no dia 4

17 de fevereiro de 2021 - 20:10
Por Sônia Bettinelli

Amanhã, 18, a irmã da paciente que fugiu do Hospital Centenário (HC), em São Leopoldo, no dia 4, fará DNA, a pedido da Polícia Civil. Objetivo é saber se o corpo encontrado segunda-feira, dia 15, em um local entre o HC e uma escola de educação infantil é da paciente que fugiu.

Conforme a Polícia Civil, hoje “a irmã da possível vítima esteve da DHPP de São Leopoldo, para dar mais detalhes sobre a situação da familiar desaparecida e foi encaminhada para realização de exame de DNA, o qual será realizado amanhã. O caso está sendo investigado com prioridade por esta Delegacia especializada”, diz parte da nota.

A Equipe da Delegacia de Homicídios de São Leopoldo esteve no HC hoje à tarde e requisitou  imagens das câmeras de segurança do local. “Recebemos o prontuário médico da possível vítima e fizemos uma nova análise no local de crime, para entender como a vítima chegou (ou foi levada) até aquele local. O HC se colocou a inteira disposição para eventuais esclarecimentos, contribuindo com a Polícia Civil para elucidação do caso”.

O caso está com a  titular da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa de São Leopoldo, delegada Isadora Galian.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo