“Se o cavalo encilhado passar, eu pulo”, Ary Moura sobre 2022

11 de fevereiro de 2021 - 14:39
Por Sônia Bettinelli

O desempenho do PDT nas urnas em 2020, que garantiu a cadeira de vice-prefeito e bancada com três vereadores, está no radar da executiva estadual pedetista, precisamente do presidente estadual, Romildo Bolzan. Mais que estar no radar, as conversas já estão ocorrendo para que Ary Moura, atual vice-prefeito e diretor do Semae, concorra à Câmara Federal.

Representante

No programa Berlinda News Entrevista de hoje (11), Ary Moura confirmou a conversa com a executiva estadual, destacando que a cidade precisa de um representante em Brasília para viabilizar recursos e aprovação de projetos.

Cavalo encilhado

E a provável pré-candidatura a deputado federal ocupa alguns pequenos espaços de sua agenda lotada como diretor do Semae. “Estou acordando 6 horas e não durmo antes da meia-noite pela demanda de trabalho do Semae. Mas se o cavalo passar encilhado em 2022 eu vou pular com certeza”, observou Ary Moura.

Cabo eleitoral

E Ary Moura tem todas as chances de um cabo eleitoral forte quando o assunto é buscar votos: o prefeito Ary Vanazzi (PT), que parece já ter sua dobradinha em 2022, Ary Moura e Ana Affonso (PT), respectivamente federal e estadual.

Espaço no governo

Sobre o espaço do PDT no governo Vanazzi, o pedetista Ary Moura é prudente, cauteloso e sem pressa. “Em seis meses, cada pasta será avaliada em relação ao desempenho. O PDT tem excelentes quadros”, disse Moura referindo-se a pedetistas que não fazem parte ainda. Na prática, tem cadastro reserva à disposição.

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo