Rodoviária de São Leopoldo pede ajuda. Apenas 11 das 28 lojas estão abertas

10 de fevereiro de 2021 - 15:42
Por Isabella Belli

Não é de agora que a Rodoviária de São Leopoldo vem precisando de mudanças e melhorias, mas com a pandemia a necessidade, de acordo com o gerente administrativo do local, Júlio Lara, aumentou. Em conversa na manhã desta quarta-feira, 10, no Berlinda News Entrevista, ele disse que somente 11 das 28 lojas do Terminal Rodoviário estão abertas no momento e que, por conta da redução do número de passageiros e de carros respeitando o protocolo de segurança, o faturamento reduziu o que já não era suficiente. “A pandemia foi a gota d’água sobre a nossa atividade e a recuperação está sendo muito lenta. Acreditamos que só depois de 50% da população vacinada é que conseguiremos recuperar um pouco a receita e os horários também das empresas.

Até porque um carro de 46 lugares só pode carregar, atualmente, 23 pessoas. Além disso, as lojas também ficaram 60 dias fechadas e quando abriram novamente seguindo o protocolo de segurança, a demanda estava em apenas 20% em comparação com os dois meses anteriores. Muitos acabaram fechando. O impacto foi muito severo no nosso terminal rodoviário”, explicou.

Júlio Lara, gerente administrativo da Rodoviária de São Leopoldo

De acordo com Lara, de 1996 a 2017 o Governo Municipal concedeu a administração da rodoviária para uma empresa privada que teria feito somente a ampliação do terminal. “Com o fim da concessão foi nos entregue uma rodoviária totalmente degradada e com estruturas precárias. Durante 20 anos não foi colocado um prego por parte da concessionária que administrava. Então criamos uma associação junto com os lojistas e passamos nós a dividir as despesas das áreas em comum e naquela época já tínhamos alguma dificuldade. Porque se não pagarmos luz, água, limpeza e não fizermos pequenos reparos de manutenção, a rodoviária simplesmente teria sucumbido. Então hoje, quem toca o terminal rodoviário é o esforço dos pequenos lojistas.”

Desde 2017, porém, que o Terminal Rodoviário passou a ser, novamente, de responsabilidade da Prefeitura. Em entrevista ao Berlinda News, o Prefeito Ary Vanazzi afirmou que existe um projeto sendo feito para construir uma nova rodoviária no bairro Rio dos Sinos. Lara, porém, disse que a administração não foi consultada em nenhuma momento e que inclusive, teria ficado surpreso quando soube da intenção de retirar a rodoviária do atual lugar. “Temos hoje uma demanda de 500 carros por dia. Temos carros de 4 metros de altura, de 20 metros de comprimento. Depois de Porto Alegre, a nossa rodoviária é a mais bem localizada porque não invade o espaço do periférico urbano. Tirando a rodoviária de onde ela está, não vai melhorar, pelo contrário, nós vamos terminar com a rodoviária desse jeito”, afirmou ele que ressaltou que o melhor a se fazer é reformar o atual prédio. “O que nós queremos é tentar um projeto para revitalizar e reformar a rodoviária já existente para que as pessoas se sentam dentro de um terminal rodoviário de verdade.”

Notícia anterior
Próxima notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo