Para volta às aulas, ministro da Educação pede que avaliação dos pais seja a principal

28 de agosto de 2020 - 15:10

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, declarou nesta sexta-feira, 28, que os pais devem ser os principais ouvidos pelos governos e prefeituras na consideração de quando devem ser retomadas as aulas presenciais durante a pandemia de covid-19. “Eu acho que o retorno às aulas depende, naturalmente, do gestor regional. Também, e sobretudo, da opinião dos pais quando se trata de criança”, disse durante transmissão ao vivo da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES)

Ele afirmou que, sobre a educação básica, o Ministério da Educação (MEC) só pode contribuir com aconselhamentos e não tem poder decisão sobre prefeituras e governos estaduais.

O ministro acrescentou também que cada região do Brasil vive uma situação diferente frente ao surto do novo coronavírus, então não é possível uniformizar a decisão.

Quando perguntado se o ensino a distância poderia durar até o final do ano que vem, Ribeiro disse que esperava uma volta ao ensino presencial ou semipresencial mais cedo e pediu ajuda divina para que isso ocorra.

Notícia anterior
Próxima notícia

Comentários

https://www.pornachi.com/porn/zvidoes/

515862 348854Enjoyed searching at this, really good stuff, thanks . 272924

rolex replica

238813 172268I really enjoy examining on this internet web site , it has got fantastic posts . 653028

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escute a rádio ao vivo